‘Elvis’ uma produção extremamente boa

2022/09/02

O filme ‘Elvis’ estreou nas telas dos cinemas brasileiros prometendo contar a história de vida e de carreira de um dos ícones do rock, e não desiludiu. Excedendo no exagero das roupas, nas cenas e na produção das fotos, o filme mostra muito potencial para arrebatar audiência.

Mencionar que o filme é um exagero não é em si um ponto ruim. Sendo que tudo que se refere a este artista é demasiadamente grande, o longa não poderia ser diferente. Desta maneira isso foi o maior acerto do diretor Baz Luhrmann. A produção possui 2 horas e 40 minutos, o fascinante é que o telespectador nem sente essas horas de tão bom que é assistir a história de um dos maiores astros do mundo.

Elvis

O longa retrata a história de Elvis desde a infância bem difícil até a queda, passando, é claro, pela ascensão, quando ele se torna um dos cantores mais famosos e também bem pagos dos Estados Unidos. O ‘Rei do Rock’ nasceu em Tupelo, Mississippi, em 1953, segundo pesquisas o menino tinha um irmão gêmeo, chamado Jesse, que morreu 35 minutos após o parto e foi enterrado em uma caixa de sapato, uma vez que a família não tinha recursos financeiros nem mesmo para o caixão. Os maus acontecimentos da família não pararam por aí: seu pai foi preso por estelionato, enquanto Elvis e sua mãe foram despejadados de onde viviam, indo residir em um bairro de pessoas negras (nesta tempo a segregação racial era muito presente).Depois deste acontecimento, a vida do menino vai sempre seguindo rodeado de influências negras.

Elvis começa, então, a cantar numa banda e sua voz surpreende Tom Parker (Tom Hanks), um homem cobiçoso que aplicava golpes nas pessoas. E é exatamente sobre a visão de Tom Parker que o enredo é contado. As primeiras cenas do filme tem foco no empresário, e após isso é que a produção se volta para Elvis.

Extremos no ponto correto

O ator Austin Butler protagonizou sensacionalmente a personalidade do astro, claro abusando do extremo. Desde o jeito de dançar com os quadris até o tom de voz, passando pela maneira de falar com a boca semi aberta olhando e apontando para baixo, tudo é milimetricamente interpretado.

Segundo informações jornalisticas foi ele mesmo que cantou na fase jovem de Elvis no filme. O figurino e a caracterização é muito bem feita, principalmente em cenas finais do longa , no qual mostra o cantor doente, com peso acima do normal em seu último show antes de falecer. Tudo com tempo vai se desvanecendo, exceto a voz!

O Empresário de Elvis

Tom Parker é um empresário ganancioso que não sabe absolutamente nada de música e suga tudo o que pode do cantor para sustentar seu vício em jogo. Tom Hanks dá o tom na medida certa do personagem, que termina sua vida só e vagando pelos cassinos de Las Vegas.

Elvis

Esposa do Astro

Além dos dois protagonistas, aparecem também Priscilla Presley (Olivia DeJonge), a esposa do astro, e sua filha Lisa Marie.

Elvis Perseguido

Elvis foi perseguido por grupos conservadores da época que viam nesse estilo de dança – não apenas pelo rebolado- luxúria e pecado. Nos jornais mais tradicionalistas, recebeu o apelido de “Elvis The Pelvis” pela sua maneira de se apresentar nos shows.

Tom Parker então tenta mudar este modo para não desagradar essa elite e continuar ganhando dinheiro. Porém, o que mais incomodava não era apenas o rebolado, o cabelo e a maquiagem nos olhos, e sim o fato de Elvis cantar e dançar igual a uma pessoa negra.

Faz parte de sua História 

O cantor-astro viveu a toda a sua vida cercado de pessoas da raça negra, chamadas, na época, de pessoas de cor, e isso é bem retratado no filme, o qual mostra a relação de Elvis e B.B King (Kelvin Harrison). Foi na igreja de pessoas de raça negra que ele aprendeu a dançar , o que mais tarde viria a se tornar uma de suas marcas registradas.

Em seu repertório ele misturava gospel, funk e soul , e com isso Elvis conquistou os Estados Unidos. Mas, em uma época em que o segregacionismo estava forte, no qual havia barreiras físicas separando negros e brancos, cantar como um negro soava como uma extrema ofensa para a sociedade.

Elvis tinha o talento de um negro com a sensibilidade e positividade de um branco, e isso lhe permitiu tornar-se um astro, ainda que tivesse que ir contra a corrente da época. Um ponto marcante do filme é quando ele comenta com B.B King que estão querendo lhe prender devido ao seu jeito de dançar. O amigo responde dizendo que Elvis é branco e pode fazer o que quiser, enquanto ele, sendo negro, pode ser preso apenas por atravessar a rua.

Você deve estar pensando aí: Como assistir filmes de graça na internet? Bom, se você se interessou por esta produção basta você ter um android, Iphone e baixar o aplicativo gratuito Youcine e vai conseguir assistir tudo de graça! Além disso, pode assistir gratuitamente também há muitos outros filmes, animes, filmes de animes, séries e desenhos animados! Se preferir pode baixar o apk gratuito Youcine também em sua TV Box ou Smart TV.

Elvis

Elvis ontem, hoje e amanhã

Quem nunca ouviu falar do astro ‘Elvis Presley’ não é mesmo? E é por isso que até quem não é fã ou não conhece muito a vida pessoal e a carreira do cantor tem chances de gostar do filme. Isso porque o enredo é muito bem construído, os figurinos trazem um ar nostálgico e os grandes sucessos embalam as mais de duas horas. Tom Hanks e Austin Butler dão conta do recado e não dá verdadeiramente para negar que a história de Elvis por si só já vale muito a pena.

O interessante é que nesta produção, o ‘Astro do Rock ´lamenta por estar perto de fazer quarenta anos e nunca ter feito nada memorável. Porém o que ele nem poderia imaginar que 45 anos depois de sua morte, continuaria sendo um dos principais astrosdo rock e ganharia uma produção cinematográfica sobre sua vida e carreira.

Gostou deste artigo? Se sim, você deve estar pensando aí: Tem como assistir filmes pela internet? tem sim e gratuitamente, quer saber como? Baixe agora mesmo em seu celular, TV Box ou Smart TV o apk gratuito Youcine e aproveite para assistir além desta produção há muitos outros filmes, séries, animes e desenhos animado.

guest
1 COMENTÁRIOS
Inline Feedbacks
View all comments
joe

good film